Central de Ajuda

CC-e - Carta de Correção eletrônica

A partir da versão do sistema 200_r85 é possível a emissão do evento Carta de Correção eletrônica na tela Nota Fiscal, obrigatória a partir de 01/07/2012 a partir de quando a carta de correção de papel não será mais aceita.
Para emitir uma carta de correção eletrônica na tela de Nota Fiscal de Saída pesquise a nota fiscal que deseja corrigir e confirme e depois clique no botão CCE.
Digite a correção de forma clara e objetiva e clique em Salvar, lance o Certificado Digital e confirme ao perguntar sobre o envio do email do xml.

Abaixo maiores informações sobre a CCE.

A CC-e é de uso obrigatório?

A partir de 01/07/2012 não será mais permitido o uso da carta de correção em papel para correção de campos específicos de NF-e, conforme disposto no § 7º da Cláusula décima quarta-A do Ajuste SINIEF 07/05:

"Cláusula décima quarta-A Após a concessão da Autorização de Uso da NF-e, de que trata a cláusula sétima, durante o prazo estabelecido no ‘Manual de Integração - Contribuinte’ o emitente poderá sanar erros em campos específicos da NF-e, observado o disposto no §1º- A do art. 7º do Convênio SINIEF s/nº de 1970, por meio de Carta de Correção Eletrônica - CC-e, transmitida à Administração Tributária da unidade federada do emitente.
(...)
§ 7º A partir de 1º de julho de 2012 não poderá ser utilizada carta de correção em papel para sanar erros em campos específicos de NF-e."

A Carta de Correção Eletrônica é um evento da Nota Fiscal Eletrônica assim como também o cancelamento e o manifesto de destinatário e ela sempre será visualizada ao consultar a chave NFE nos sites das receitas. 

  • Quando podemos emitir a CC-e?

A CC-e pode ser emitida para "corrigir" alguns erros de preenchimento da Nota Fiscal eletrônica.

  • O que não pode ser corrigido com a CC-e?

O Ajuste SINIEF 01/07 veda a correção das seguintes informações relacionadas com o Fato Gerador do ICMS da NF-e:
I - as variáveis que determinam o valor do imposto tais como: base de cálculo, alíquota, diferença de preço, quantidade, valor da operação ou da prestação;
II - a correção de dados cadastrais que implique mudança do remetente ou do destinatário;
III - a data de emissão ou de saída.

  • O que devo fazer se precisar alterar a base de cálculo, alíquota, diferença de preço, quantidade, valor da operação ou da prestação?

- Para aumentar o valor do ICMS ou da operação - o procedimento correto é a emissão da NF-e de complemento do ICMS ou da NF-e de complemento de Valor;
- Para reduzir o valor do ICMS - se o valor do ICMS foi destacado a maior não existe uma forma padrão de saneamento do problema, depende da UF. A única regra padrão é que o destinatário não pode fazer o crédito de ICMS maior que o devido na operação, mesmo que o emitente tenha destacado um valor maior;
- Para reduzir o valor da operação - o procedimento mais adequado seria o destinatário recusar o recebimento da mercadoria ou fazer a devolução da mercadoria para anular a operação e receber a NF-e com o valor correto.

  • O que devo fazer para corrigir os dados cadastrais que implique mudança do remetente ou do destinatário?

Não existe regra objetiva que define quais são as alterações de dados cadastrais que implicam na mudança do remetente ou do destinatário, assim o emissor e o destinatário terão menos dor de cabeça se não tentarem corrigir qualquer informação relacionado com os dados cadastrais do remetente ou do destinatário, para minizar o problema recomendamos as seguintes ações:
O emissor deve tentar obter os dados cadastrais do remetente ou do destinatário através do Portal da SEFAZ, muitas SEFAZ já oferecem a consulta cadastro que permite obter os dados cadastrais do contribuintes do ICMS.
O destinatário deve recusar o recebimento de mercadorias acobertadas com NF-e que não tenham os dados do destinatário corretos.

  • O que devo fazer se precisar alterar a data de emissão ou a data de saída?

Em algumas situações é possível que a mercadoria fique à disposição para retirada do transportador, mas a retirada ocorra com atraso. O procedimento mais adequado nesta situação é a substituição da NF-e com a emissão de uma nova NF-e com a data de emissão e/ou data de saída correta.

  • Como minimizar a ocorrência de problemas

- Consulta Cadastro - tente utilizar a consulta cadastro que a SEFAZ oferece para obter os dados cadastrais do destinatário e/ou consulta ao Sintegra; - Envio/disponibilização da NF-e - envie ou disponbilize a NF-e para o destinatário com antecedência para que o destinatário possa conferir as informações;

  • É possível emitir a CC-e para acompanhar o trânsito de uma mercadoria?

Não existe impedimento para emitir uma CC-e para corrigir uma NF-e de mercadoria qua ainda não deu saída da empresa, contudo o procedimento mais adequado nesta situação é o cancelamento da NF-e incorreta e a emissão de uma NF-e com os dados corretos.

  • Existe algum modelo ou leiaute para imprimir a CC-e?

Não existe modelo ou leiaute de impressão da CC-e, assim como inexiste o modelo de impresso para a carta de correção em papel. Entendemos que a carta de correção é uma correspondência do emissor emitida para o remetente/destinatário para informar o erro de preenchimento da NF-e e pode ser impressa no padrão que o emissor julgar conveniente.

  • Como deve ser informado o texto da correção?

O texto da correção é um texto livre com tamanho limitado a 1000 caracteres e inexiste modelo ou padrão do texto, assim o emissor deve descrever de forma clara e objetiva a correção que deve ser considerada.

  • Já tenho uma carta de correção registrada e preciso fazer uma nova carta de correção, como devo agir?

A carta de correção com data mais recente substitui as cartas de correções existentes, assim a nova carta de correção deve consolidar todas as correções.

  • Emiti uma carta de correção com dados incorretos, como devo agir?

A carta de correção com data mais recente substitui as cartas de correções existentes, assim basta emitir uma carta de correção com os dados corretos.

  • Emiti uma carta de correção para uma NF-e incorreta, como devo agir?

Não existe cancelamento de carta de correção, assim o procedimento mais adequado para esta situação seria a emissão de uma nova carta de correção que não tenha a correção indevida.

  • O que devo fazer com a carta de correção emitida?

O XML da carta de correção e a resposta de registro da carta de correção deve ser mantida em arquivo pelo emissor, além de ser enviada para o destinatário.

  • A carta de correção deve ser enviada para o destinatário?

Sim, o XML da carta de correção e a resposta de registro da carta de correção deve ser enviada para o destinatário.

  • A carta de correção deve ser impressa?

A Carta de Correção eletrônica é um documento eletrônico e não precisa ser impressa, caso o cliente ou transportador solicite a impressão recomendo que pesquise pela chave a nota fiscal eletrônica, clique sobre o evento e imprima diretamente do Browser o que mostra no evento da CC-e.

  • A NF-e também é um documento eletrônico, mas imprimimos o DANFE, não vale o mesmo raciocínio para a CC-e?

Para a NF-e existe o DANFE que é um documento fiscal em papel previsto na legislação tributária necessário para acompanhar o trânsito da mercadoria acobertada por NF-e e não se confunde com a NF-e que é documento fiscal distinto do DANFE.
Se fosse necessário imprimir a CC-e, a legislação teria criado um Documento Auxiliar da Carta de Correção eletrônico como fez com o DANFE. Assim, não existe previsão legal de impressão da Carta de Correção eletrônica, a obrigação do emissor é registrar a Carta de Correção eletrônica na SEFAZ e comunicar o destinatário, somente isto.
Também cabe ressaltar que a Carta de Correção não é um documento fiscal formal, pois nem requer a AIDF - Autorização de Impressão de Documento Fiscal para uso da Carta de Correção.

  • Até quando posso emitir a CC-e?

Neste ponto temos uma questão controversa, pois na Nota Técnica 2011.004 existe um item 6.2 informando uma regra de validação que criaria uma rejeição GA02 -Verificar NF-e autorizada há mais de 30 dias (720) horas - Obrig. -501 - Rej. No entanto essa regra não consta no Manual de Orientação ao contribuinte 6.0 de 2015 que teoricamente agrupou todas as Notas Tecnicas anteriores e pelo que sabemos esse bloqueio não existe realmente. O ERP Blue System mostrará esse aviso quando tentar fazer a Carta de Correção, mas não há bloqueio e a CC-e pode ser enviada à receita.

  • Por que não consigo emitir a CC-e?

Verifique se esta mensagem aparece ao clicar no botão CCE da tela Notas Fiscais, mesmo que após outra mensagem:

Não consta expedição para essa nota fiscal. Se a nota fiscal ainda está na empresa o procedimento correto é o cancelamento e emissão de uma nota fiscal correta e não a emissão de carta de correção eletrônica
Se o status do pedido é 30 - Aguardando expedição, esse status indica ao ERP que o pedido e a nota fiscal emitidas ainda estão dentro da empresa e neste caso segundo a orientação da legislação vigente não cabe a emissão de uma CC-e para a nota fiscal, devendo esta ser cancelada e reemitida, visto que a CC-e não realiza nenhuma efetiva alteração no documento fiscal e só deve ser utilizada após a efetiva saída do documento da empresa.
Se a expedição já foi realizada efetive essa informação no sistema em Manutenção -> Estoque -> Expedição para conseguir gerar a CC-e.
    • Popular Articles

    • Treinamento ERP Blue System Vendas

      Seguem os links dos novos vídeos dos treinamentos de Vendas do ERP Blue System  Cadastro de Clientes:   https://youtu.be/xBjl6Mv95iw Lista de Preços:            https://youtu.be/dR4B_W5-2HQ Pedido de Venda:         https://youtu.be/z_da9x2XH8A E ...
    • Dicas de como agilizar a solução do seu chamado

      Olá, bem vindo a novo sistema de chamados dos produtos Vanguarda TI. Se você está aqui provavelmente tem algum problema que precisa de solução e seria legal se o problema fosse resolvido rapidamente, então para agilizar a solução do seu chamado veja ...
    • Erro Nota Fiscal eletrônica 105 - "Em processamento" e 999 - "Erro não catalogado" e emissão em contingência

      Ao emitir uma Nota Fiscal eletrônica existem inúmeros erros que podem retornar das receitas conforme o caso, mas dois erros são mais preocupantes:  105 - Em processamento Esse é um erro que deve ser tratado com muito cuidado. Os servidores das ...
    • Unable to complete Network request

      A mensagem "Unable to Complete Network Request " indica queda de conexão  Indica claramente problemas na conexão de Internet ou problemas no roteador sem fio no local Verificamos também em alguns casos especificamente com a operadora Claro ou NET ...
    • Impressão Danfe, boletos e outros relatórios cortados

      Olá, neste artigo estou informando um problema comum de configuração do Sistema Operacional Windows que acaba prejudicando não somente o uso do sistema  ERP Blue System como vários outros aplicativos.  A princípio, o ajuste para impressão de todos os ...